quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

LÍRIO- DO- ZÉFIRO

L Í R I O - D O - Z É F I R O


Herbácea perene, bulbífera, entouceirada, de florescimento ornamental, de 20-30 cm de altura, originária do México, Guatemala, Jamaica e Cuba. Folhas formadas a partir da base, lineares, longas e reclinadas, que desaparecem no inverno.

Flores solitárias, com pedúnculo ereto, longo, oco, originado na base, dispostas entre ou acima das folhas, com tubo curto expandido em seis divisões em forma de funil, cor-de-rosa, formadas no fim da primavera e verão.


Cultivada em canteiros enriquecidos, formando grupos densos, irrigados periodicamente, em bordadura ou vaso.

Multiplica-se por divisão de touceira com os respectivos bulbos, no fim do verão, após o florescimento. Planta muito atacada por lagastas que devoram totalmente as folhas, exigindo vigilância.



Olhai Os Lirios Do Campo  Erico Verissimo (romance )


GRANDE SUCESSO LITERÁRIO DE ÉRICO VERÍSSIMO.
“Considerai os lírios do campo. Eles não fiam nem tecem e no entanto nem Salomão em toda sua glória se cobriu como um deles”. 




Silêncio




TENHA UM LINDO DIA.

"Siga tranquilamente entre a inquietude e a pressa, lembrando-se que há sempre paz no silêncio."




Um comentário:

  1. Mamisss...

    Que lindas! Linda postagem, lindas flores, linda mensagem!

    Beijos ;)

    ResponderExcluir